Grupo Centroflora vence o 1° Prêmio Nacional da Biodiversidade

Na noite de sexta feira (22 de Maio), em cerimônia realizada no Palácio do Itamaraty em Brasília, o Grupo Centroflora, através do Programa de Valorização do Jaborandi, recebeu o 1° Prêmio Nacional da Biodiversidade. Realizado pelo Ministério do Meio Ambiente, o prêmio tem o intuito de reconhecer o mérito das iniciativas que visam à melhoria ou manutenção do estado de conservação das espécies da biodiversidade brasileira. A iniciativa do Grupo Centroflora, em parceria com o Instituto Floravida, a Boehringer Ingelheim e a GIZ foi a primeira colocada na categoria “empresas”, uma das seis que integram o prêmio. De um total de 888 iniciativas inscritas, 18 foram selecionadas como finalistas pelos especialistas da comissão julgadora. Entre outras autoridades, estiveram presentes na cerimônia de entrega dos prêmios a Ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira e o Ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira.
O troféu recebido é uma escultura idealizada pelo artista mineiro Darlan Rosa que simboliza a célula de um ser vivo. Em cada face foram esculpidas representações de espécies da fauna e da flora, remetendo à ideia de conservação.
O Programa de Valorização do Jaborandi foi criado em 2009 com o objetivo de realizar ações para conservação da biodiversidade e o estimulo à geração de renda em comunidades extrativistas de jaborandi no Norte e no Nordeste do Brasil, apoiando os colhedores no manejo, produção, comercialização sustentável da espécie e no fortalecimento de suas cooperativas e associações.

Ao longo dos sete anos de sua existência, o Programa já recebeu diversos prêmios e menções pelo trabalho realizado e pelos resultados alcançados, destacando-se o reconhecimento como Tecnologia Social pela Fundação Banco do Brasil em 2013 e como Iniciativa Empresarial de Uso Sustentável da Biodiversidade pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O programa também foi objeto de estudos de caso na publicação de Boas Práticas em Educação na Agricultura Família, do Ministério do Meio Ambiente.
O Grupo Centroflora tem como valor a responsabilidade socioambiental e o fomento à cadeia produtiva, principalmente através do programa “Parcerias para um Mundo Melhor”, criado em 2002 com o objetivo de integrar os elos da cadeia em modelos socioprodutivos baseados em princípios de sustentabilidade e uso ético da biodiversidade. A empresa é membro comercial da União para o Biocomércio Ético (UEBT), associação que promove o “abastecimento com respeito” de ingredientes naturais da biodiversidade.
Para saber mais sobre a Centroflora e o Programa de Valorização do Jaborandi, acesse os links abaixo:


centroflora2

Os comentários estão encerrados.